6 de jan de 2011

Mais que Amigos - cap VI

Depois que o inspetor separou a briga, eu só vi que o Davi estava bem machucado. Eu teria ido falar com ele, mas a namoradinha dele grudou no pescoço dele, nem tive chance.
-Que isso hein?! – era a Pillar, com uma cara de assustada
-Caraca! Como isso foi acontecer? Eu preciso falar com o Matheus.
-É mas uma hora dessa ele ta na diretoria se explicando pra coordenadora a briga, você, ele deu uma surra no Davi.

-É, eu vi, mas a Camila já está lá do lado dele.
-Acho melhor você ir lá falar com ele, afinal ele estava brigando por sua causa. Ele só queria te proteger.
-É, mas agora ele também está na diretoria. Não vai ter jeito, talvez eu passe na casa dele mais tarde. Mas o Matheus também, porque foi provocar ele?
-Meninos amiga, meninos! Vai entender – Ela fez um cara de confusa e me carregou pra sala. Agora mesmo que eu não vou prestar atenção em nada que os professores disserem.
Algumas horas depois:
-Vou passar na casa do Davi, quer ir comigo? – perguntei à Pillar.
-Hum, não sei, você precisa de apoio?
-É, acho que sim. Sei lá. Se não quiser ir, não tem problema.
-Não, tudo bem eu posso sim, vamos – e sorriu tentando meu animar. Impossível.
-Onde vocês pensam que vão? – era a Camila, e ela parecia bem nervosa.
-O que? – a Pillar desafiou ela.
-Cala a boca gorda! Não estou falando com você. Eu quero saber onde essa ai – e apontou pra mim – vai. Escuta aqui, se você pensa que vai na casa do meu namorado, pode tirar o cavalinho da chuva.
-Qual é a tua garota? – eu estava muito irritada, e ela tava pedindo uns “sopapos”.
-Qual é a minha? Vou te dizer qual é a minha – e apontou o dedo pra mim.
-Abaixa esse dedo! – eu olhei brava, mas parece que não a intimidei, porque ela continuou com o dedo apontado.
-Escuta aqui, eu quero você longe do meu namorado. Você é problema pra vida dele. Ele não tinha nada que ter brigado por sua causa. Agora ele ta lá todo arrebentado no hospital por sua culpa. Fica esperta garota, porque se não a próxima que vai ficar toda arrebentada é você! – e foi embora.
-Ei! – eu tentei avançar pra cima dela, mas a Pillar me segurou.
-Calma amiga, se você brigar com ela, só vai piorar as coisas, o Davi vai ficar bravo com você se isso acontecer.
-Como assim, não posso deixar ela vir aqui, apontar o dedo, dizer o que bem entende e ir embora assim – eu estava muito revoltada.
-Calma Marina, a gente sabe que ela não vale nada, só precisamos mostrar esse lado ruim dela por Davi.

(continua)

0 comentários:

Postar um comentário

Me diga o que quiser. Críticas? Elogios? Ideias? Precisa conversar ou quer um conselho? Fique a vontade pra escrever nesse espaço.